03 outubro, 2010

quando a mente e o coração se ligam


Pintura de Nujen Daxwaz (Սթի Զ Դիլ)


Hoje acordei com a palavra sentimento na palma das mãos. Não creio que tenha sido por acaso que a associei a este quadro de uma mulher que olha, através do silêncio, as cores que a criaram com os traços de um fogo insuspeito. Qualquer rosto é um lugar onde podemos morar no instante em que o pensamos....rosto ou palavra, traço ou rosto...como queiras....é, também, um lugar de impressões onde se tece uma consciência íntima de emoções e projecções. Se quiseres poderás sentir-me a construir o olhar com que olho este quadro....basta que libertes os sentidos e sintas as tintas a conjugar a transparência da forma. As tintas unem-se para criar...ligando, diferenciando... nada é opaco se sentirmos a espessura do mundo, os traços do mundo, as pessoas do mundo, os quadros do mundo, os olhos do mundo....não descures as sensações....há um segredo que no quadro se tece......há uma secreta intuição perceptiva por detrás da pele...

Hoje acordei com uma palavra na palma das mãos. Uma palavra que se estende no texto, uma espécie de abundância vinda do coração.....um sentimento em ligação...
Hoje acordei com a palavra sentimento nas minhas mãos...

Gisela Ramos Rosa, 03-10-2010

13 comentários:

Lídia Borges disse...

Quando se acorda assim, é preciso dar asas à "abundância vinda do coração".
E...Quanta beleza neste "quadro" que pintou!

L.B.

AC disse...

Através do nosso sentir, abastecido por vivências e composições químicas, perspectiva-se um olhar envolvente que tem a ver com a sensação de pertença ou a recusa daquilo que se vislumbra. Mas a sensação de pertença de recusa recusa são as duas faces da mesma moeda. E a virtude está em saber conjugá-las.

beijo :)

Ana Oliveira disse...

As palavras
Os traços
Os rostos
Tudo no nosso olhar e na forma como olhamos o mundo que nos olha e nos pinta com as cores que nos criam.
Obrigada Gisela por este coração na palma das mãos.
Um beijo

João Menéres disse...

Este olhar intrigante só pode fixar-se no sentimento lido nas palmas das tuas mãos e no verde dos teus olhos.

Um beijo.

Gi Freire disse...

Uma beleza Gisela, acordar assim é uma benção!
Bejin
Gi

P.S.: Stacey Kent é do melhor! :)

Anónimo disse...

"uma espécie de abundância vinda do Coração"

O teu Coração tem pássaros lindos, Gisela.
Pousam nas flores da roseira e dão-te o Segredo dos teus poemas

Obrigada pelo poema e pela música e pela pintura= Excelso estado de alma


Isabel

betina moraes disse...

não acordou, sonhou acordar em uma luz.


que bonito!

Mar Arável disse...

O coração é um músculo que não pensa que trabalha independente do cérebro e ao qual se atribuem sentimentos
Prefiro respirar por dentro o óleo
belo que transporta sonhos acordados e a fez escrever palavras com infinitos

Bjs

Canto Turdus Merula disse...

Bonito lugar para acordar com a “palavra na palma da mão” e entregá-la ao texto com “uma espécie de abundância vinda do coração”.

Prende-me especialmente o olhar quando retenho a passagem: “Qualquer rosto é um lugar onde podemos morar no instante em que o pensamos”, extraordinário gesto cheio de simplicidade mas repleto de grandiosidade que transcende qualquer leitura do olhar.
Este é o magnetismo que me traz cativo deste agradável espaço.

Gosto do quadro, mais do que um rosto é um semblante suspenso num extraordinário gesto de olhar.
Gosto da escolha da imagem que não se compromete com o texto, por não o ilustrar, mas, por outro lado, ganha uma dimensão mais ampla, uma relação mútua de partilha, ampliando a força recíproca.

© Piedade Araújo Sol disse...

sentimento na palma das mãos, não é para qualquer um.

eu acho que o sentimento tb está patente na tua escrita que sigo há algum tempo.

um beij

Menina Marota disse...

E na palma da mão trazes a comoção de ter o pensamento e o olhar livre, transbordando de sensitentos e sensibilidade.

É sempre um prazer renovado ler-te.

Um abraço de carinho

Graça Pires disse...

Acordar com a palavra sentimento na palma da mão para escrever o que o coração sente...
Um beijo, Gisela.

anna serrat disse...

En cada rostro se refleja una parte de mi.
todo, absolutamente todo, se combina a tu favor, para permitirte plasmar esa sensibilidad que tu tienes, y que tanto agradecemos los que la admiramos.
Gracias Gisela por compartir.