22 maio, 2010

a magia da palavra paz

Schhh
© Simon Cederquist




Sente a palavra paz ela existe porque a podemos sentir. ama e verás como a paz se prolonga. sei que a paz pode existir por dentro como se fosse um filho que trazemos ao mundo. ou um fruto que colhemos no tempo da viagem que em nós ocorre . sabes que caminhar é um sinal de desapego e que só nesse percurso existe a liberdade? venho pedir-te que guardes o segredo da palavra paz para sentires a magia do mundo e a leves o mais longe que puderes ...à consciência pura....ao estado intemporal, ao desejo simbólico da perfeição...escolhendo...regressa à inocência aceitando o cálice que transforma o corpo na confiança e no amor totais....


Gisela Ramos Rosa 22-05-2010

11 comentários:

myra disse...

SIM!!!!!!! e que linda foto...
PAZ!!!!!!!

Tânia regina Contreiras disse...

Acho, Gisela, que ela (a paz) só pode existir mesmo se começar por dentro. A existência externa é só reflexo da interna. E a foto, belíssima, parece uma Gisela em miniatura! rs

Abraços,
Tânia

Carmo disse...

Gisela texto e foto excelentes.

Viva a Paz!

Beijinhos e bom fim de semana

Anónimo disse...

Susana Duarte disse no facebook:


Não tendo conseguido comentar no blogue, partilho aqui as tuas palavras, de rara beleza, porque devem ser lidas, sentidas e reflectidas por todos os que apreciam a beleza da poesia e da prosa poética.

Malu disse...

Invadi teu espaço por sugestãoda Susana e que belas palavras de paz encontrei aqui.
Lindo!!!!
Abraços

gisela rosa disse...

Querida Myra a paz podemos ser nós a fazê-la se quisermos. beijinho


Tânia nós somos o mundo, não acha?
O que vemos vem de dentro e podemos reconhecer no exterior aquilo que somos...obrigada por me ver na imagem...

Carmo obrigada pela sua presença.


Susana, agradeço muito a gentileza das palavras no facebook não resisti a trazê-las para aqui. Adorei o seu espaço. A sua escrita. Estarei sempre lá naquele encanto...um beijinho



Malu,

Que bom ter gostado, adoro ecos...
Muito obrigada pelas palavras


abraço a todas

Graça Pires disse...

Sobrepor a voz à dor sem pátria.
Estar lá onde o olhar de todas as mães procura o olhar de todos os filhos. Ter um nome de combate para dizer paz.
Um grande beijo, Gisela.

Gisela Rosa disse...

...onde o olhar de todas as mães procura o olhar de todos os filhos...


Que maravilha Graça, essa Paz que a Graça tem. Um beijo e saudades

Terra de Encanto disse...

Gisela,
obrigada pelas palavras!


Reforço o que penso: paz é o que se sente aqui...

( e sim, já consegui aceder ao espaço de comentários)~

Beijo sempre amigo
Susana

Gisela Rosa disse...

Susana que bom conseguir aqui chegar com o seu encanto. Fico com a sua sensibilidade.

Um beijinho

betina moraes disse...

a crença na paz é tão importante quanto a própria paz.


muito bonito, gisela.


um beijo!