30 julho, 2009

L´invisible commence dans l´oeil

Miró


Qu´est-ce que je ne vois pas dans ce que je vois? Cette question devrait accompagner chacun de nos regards.

Bernard Noel, Journal du Regard, p. 80

3 comentários:

Luísa disse...

Só não vejo o que a alma não sente...
Foi uma agradável surpresa ter encontrado, casualmente, este belo espaço cibernautico!
Tudo que vi, tocou-me especialmente!
O mundo anda distraído e descuidou-se do mais importante...já não ve, porque não sente, o olhar duma criança
Voltarei mais vezes, para deixar o meuolhardeperto!
Beijinho terno!

Gisela Rosa disse...

Luísa obrigada.
São lindos os seus comentários, ditos com alma. Também a encontrei.

beijinhos

ellen disse...

eu vejo 4 rabiscos de tinta, mas porque é Miró talvez um sorriso de boca ao lado...é Miró :)

Beijinho