13 maio, 2010

a textura do mundo

Armenian texture
© Taher Sadati


Gosto de sentir a espessura das formas com as quais revelamos o mundo. coloco os meus dedos no relevo de cada símbolo e encontro o molde e os ramos com que projecto a representação.... se olhares com cuidado perceberás que a superfície é sempre o nada de onde parte a (con)figuração ...e poderemos chamar-lhe uma folha com nomes ou mesmo o percurso da pedra onde as linhas se fundaram inaugurando o espaço.... posso dizer-te que encaro o alfabeto como a chave da memória que os corpos engendraram....por isso, sempre que posso procuro romper esse véu com os sentidos... e o meu corpo passa a ser um instrumento de leitura desse outro corpo abstracto... sonho e interpretação tocando as noções primevas como se elas fossem a morada dos actos harmoniosos em que se firma o mundo...


Gisela Ramos Rosa, 13-05-2010


15 comentários:

Graça Pires disse...

Um alfabeto de emoções. Uma caligrafia de amor a implorar a memória das palavras encantadas.
Um beijo, Gisela.

Tânia regina Contreiras disse...

Belo, Gisela!!! Olhos que se espalham pelas mãos e desvendam o mundo!

Grande abraço,
Tânia

Lídia Borges disse...

A nossa interpretação do mundo parte sempre da "superfície" "folha com nomes" "percurso da pedra"...

É um privilégio poder ler aqui tão belos textos.

L.B.

Menina Marota disse...

Gosto de sentir as tuas palavras, no sonho, em sonho, pelo sonho, como pétalas de rosas, em sensibilidade nascidas.
Grata pela partilha.

Um grande abraço

tonhOliveira disse...



Inconteste!

Grande tecedura...

Tecelã de palavras!

be:)os!

gabriela r martins disse...

sempre que o tempo - agora tão breve - me permite ,paro para sorver as palavras e as imagens com que me adornas os sentidos


e volto




.
um beijo

myra disse...

me emociono muito qdo vejo coisas assim como estas aqui!
estive fora do Internet por dois dias, por isto somente agora posso te ver e te mandar como sempre muitos beijos e muitos aplausos!!!
a musica é tambem maravilhosaaaaaaaa!!!!

Carmo disse...

Gosto de ler as suas palavras, sabiamente acompanhadas por belas imagens.
bjs e bom fim-de-semana

Gisela Rosa disse...

Querida Graça: esse alfabeto de emoções que conhecemos e bebemos...muito obrigada e um beijinho

Tânia, olhos e mãos são a projecção...um abraço para você, Obrigada!


Lídia, podemos inscrever nas pedras e dar-lhes uma nova dimensão....beijinho e obrigada por ter cá vindo!

Carmo obrigada pelas palavras...um grande abraço
MM ...palavras+sonhos+pétalas+rosa+partilha....Obrigada, beijinho e volte sempre


Gabriela RM, fico muito feliz com suas palavras, elas devolvem-me o sentido...beijinho

Tonho, as palavras são para mim aquilo que seu lápis produz, eles transformam...muito obrigada pela presença!

Myra, a tua presença é muito importante. Na tua arte me revejo...beijinho terno

Primeira Pessoa disse...

gisela,
postei antonio ramos rosa em meu blog, ontem.
sou grande fã.

deixo um abraço.
e muito admiração.
voltarei sempre aqui.

roberto.

Gisela Rosa disse...

PP

muito obrigada pelas palavras, fico grata!

Volte sempre, o espaço é seu.

Andrea de Godoy Neto disse...

Gisela, cheguei por indicação do roberto, e encantei-me um tanto com tuas palavras, de antonio ramos rosa já era fã...agora volto sempre também

grande abraço pra ti

gisela rosa disse...

Andrea! Que bom ter cá chegado, fico contente. Já visitei o seu espaço e gostei muito, voltarei mais vezes. Muito obrigada pelas palavras, um grande abraço

Carlos Teixeira Luis disse...

Venho novamente aqui... descansar... mirar o "horizonte das palavras"...

Faz-me bem.

Obrigado, poeta Gisela e obrigado poeta António.

Gisela Rosa disse...

CTL obrigada por ter passado por aqui. As suas palavras são bem vindas a este espaço, Um abraço de agradecimento