18 outubro, 2009

percursos da luz


percorso della luce

© Sven Fennema


Transformar a linguagem é transformar a sensibilidade.

Jacques Ancet, sobre Vicente Aleixandre

9 comentários:

Voar sem Hasas disse...

belissima imagem,,,,,,,,,,,,,, amei

essa luz, essa casa em ruinas....

Jefferson Bessa disse...

Linda imagem. Impressiona!

Abraços.
Jefferson

Paulo disse...

Fantática imagem. Composição magnífica. Parabéns.

ellen disse...

Belíssima imagem Gi!!! onde tu vais buscar tamanhas maravilhas? :)

Beijinho grande

O Profeta disse...

Corre assombração
Vai para outro mundo numa toada de vento
Afasta de mim este cálice
Deixa-me aprisionar a morte na vida por um momento

Deixa-me sentir com a alegria dos sentidos
Deixa-me acreditar no voo do por-do-sol
Deixa-me beijar as águas de um lago feliz
Deixa-me navegar sem rumo, perder o control



Mágico beijo

João Menéres disse...

Que espantoso ambiente para se transformar tudo!
Principalmente a sensibilidade!

Lucas Gusmão Mendes disse...

a luz muito bem aproveitada ..parabéns pela foto e pelo blog .

Pollignac disse...

Uma imagem magnifica, intemporal, um jogo de luzes brilhantes, mesta foto existe vida, sente-se o passar continuo do tempo, mas sempre com um rasto de beleza e sensibilidade.
Os meus parabéns!

Gisela Rosa disse...

Queridos visitantes, muito obrigada pelos vossos comentários. Esta imagem que coloquei é da autoria de Sven Fennema. Os parabéns são para ele por tão bela captação. Coloco muitas vezes neste espaço imagens de outros autores, assim como faço em relação à poesia/textos/passagens. E quando isso acontece os autores são sempre referenciados abaixo das imagens e nas etiquetas.

Um abraço de agradecimento por terem cá vindo.