02 junho, 2009

aqui respiro




Pela Janela de Gisela

Contigo a meu lado eu estou contigo
tu és uma fonte de cintilante frescura

A tua amizade é uma estrela subtil
a tua atenção é a lâmpada de uma flecha
estridente o teu sorriso estala
como uma estilha colorida
que reacende a minha inocência adolescente

Contigo a meu lado o tempo tem outro espaço
e o aroma de uma fábula de outra vida
de uma cor leve de laranja

António Ramos Rosa, Vasos Comunicantes, diálogo poético com Gisela Rosa, p. 112, 2006...

10 comentários:

JMV disse...

GRANDE,GRANDE fotografia!!!!!!!!!!

um beijinho e parabéns.

mariab disse...

a grandeza de um poeta aliada á beleza da imagem.
excelente post. beijos

PAS[Ç]SOS disse...

palavras supremas que quase se dissipam no fulgor da imagem. irrespirável... momentos de inigualável inspiração!

Gisela Rosa disse...

JMV obrigada, esta fotografia resultou num dia em que a janela do espaço que habito me permitiu voar...


mariab, o poema parece ligar-se à imagem...

Obrigada Passos, eu diria um momento de inteira suspensão...

El Viejo @gustín disse...

Linda cada vez mejor!!!
Hermoso

1 beso

Gisela Rosa disse...

Muchas gracias Agustin!

VFS disse...

"para lá do mundo,
estão os universos.

entre ambos?
os mares azuis dos sonhos!"

belíssima!
esta janela (portal).

myra disse...

MARAVILHOSA FOTO!!!!!!!!!
belezaaaaaaaaaaaaaaaa
beijossssssssssssssssssssssssss

Anónimo disse...

"Contigo a meu lado o tempo tem outro espaço
e o aroma de uma fábula de outra vida
de uma cor leve de laranja"

...é uma benção

1 abraço
fr

Anónimo disse...

o mundo todo pode estar contido numa janela
eu sei. tenho uma assim :)

1 beijinho