05 julho, 2010

Walking life - Memória colectiva

7 comentários:

nydia bonetti disse...

Das indagações humanas, quem nos responderá...?!
Sempre muito bom passar por aqui. Abçs.

gabriela r martins disse...

questões e mais questões

aguardando respostas

futuras




.
um beijo

Jose Alba disse...

Hola Gisela. Te ha sido concedido el Premio Dardos.
Si lo deseas, pasa por mi blog a recogerlo.
Un abrazo. José Antonio

Jose Alba disse...

Genial video. Un abrazo

« Katyuscia Carvalho » disse...

Mas mais importante que se obter respostas, porque estas sempre se transformam conforme contextos e circunstâncias, é nunca deixar de fazer perguntas: esse é o cerne.

"Perguntas movem o mundo"...

Vi e recomendo também!
Aliás, é interessantíssimo para ser apresentado em salas de aula.
;)

Grande partilha, Gisela.

Um beijo.

avlisjota disse...

"é como se telepaticamente partilhássemos as nossas experiências"

Quem não se interroga?!! Afinal quem somos, o que somos, o que fazemos...

Bjs fica bem

José

Mar Arável disse...

Eternamente a perguntar

e a saber ouvir

a ver

mais que olhar