05 junho, 2009

como o voo livre das andorinhas



António Ramos Rosa, vídeo de Gisela Rosa - Abril de 2009

4 comentários:

JMV disse...

"Poesia liberdade livre".De outro modo para quê?

um beijinho

Gisela Rosa disse...

Caro José Vilhena, felizmente que existem (algumas) Pessoas como o meu tio neste mundo...com elas é possível ver o lado mais humano de cada Ser e aprender a dimensão e o valor de cada gesto, de cada palavra...como ele próprio diz:

"Minhas armas quotidianas para rir, para quebrar, para desarmar."

ou ainda

"Penso numa linguagem desconcertantemente simples...uma linguagem de restituição"

António Ramos Rosa, em Respirar a Sombra Viva, 1975



Obrigada pelo seu comentário, um beijinho

vaandando disse...

imagem livre , em poema livre bem livre se busca !
Obrigado pelo que nos vai deixando do poeta!
Abraço __________
JRMRTo

Gisela Rosa disse...

vaandando, obrigada pelas suas palavras se pudesse gravava todos os momentos com o meu tio porque são encantadores e livres "como o voo livre das andorinhas".

Obrigada também por visitar os meus espaços, Um abraço